Importância da implementação de um ERP para meios de pagamento

ERP para meios de pagamento
04 de Agosto –

Sua empresa ainda faz controle financeiro em planilhas eletrônicas? Integre suas soluções de meios de pagamento a um sistema ERP e eleve a sua gestão financeira a outro nível

O sistema ERP, sigla que significa Enterprise Resource Planning em inglês ou Planejamento dos Recursos da Empresa em português, é um software corporativo que tem como principal objetivo integrar todos os processos e informações da empresa em um só lugar. Dessa forma, o administrador tem uma visão panorâmica de todo o negócio, consegue direcionar melhor os recursos da empresa, se antecipar a imprevistos e planejar os melhores investimentos em prol do crescimento da organização.

Além de organizar as informações de maneira estruturada, o sistema ERP também possibilita o compartilhamento de dados entre os setores da empresa, melhorando a comunicação entre as equipes de trabalho. Ademais, facilita a tomada de decisões, otimiza o tempo, ajuda a reduzir custos e melhora a gestão financeira da organização.

Diante de tudo o que já foi exposto até aqui, certamente ficou claro o quanto o sistema de gestão ERP é útil para estabelecimentos comerciais, sejam eles físicos ou online. Afinal de contas, um grande desafio para lojistas de diferentes segmentos é administrar os meios de pagamento de maneira eficiente. Nesse sentido, o ERP ajuda a identificar os recebimentos futuros, os já recebidos, os pagamentos a serem realizados entre vários outros processos financeiros da empresa. Saiba mais neste artigo.

O que são meios de pagamento?

Antes de saber como um sistema ERP pode ser útil para empresas que atuam com diferentes meios de pagamento, é preciso compreender do que se trata o termo propriamente dito.

Em princípio, meios de pagamento são as formas utilizadas para pagar por um produto ou serviço. Entre os muitos existentes, destacam-se:

  • Cartões de crédito e débito;
  • Cartões private label;
  • Boleto bancário;
  • Transferência eletrônica de fundos;
  • Transferência Eletrônica Disponível (TED);
  • Pagamento instantâneo (PIX);
  • Gateway de pagamento;
  • Cheque;
  • Dinheiro;
  • QR Code.

Como você pode perceber, vários são os meios de pagamento aceitos no mercado. E inclusive, um único estabelecimento comercial pode aceitar vários ou todos eles, o que torna o controle financeiro complexo, demorado e suscetível a erros.

É justamente por isso que a integração do sistema ERP com meios de pagamento se torna uma opção vantajosa para organizar as finanças da empresa. Ao integrar a plataforma de pagamentos com o sistema de gestão, as movimentações financeiras são centralizadas em um único lugar, otimizando os processos da organização.

Sistema ERP para meios de pagamento: entenda a importância

Quando uma pessoa vai até um estabelecimento comercial e decide pagar por compra com cartão de crédito, débito ou PIX, por exemplo, nem imagina que por trás de toda essa facilidade existem empresas especializadas no fornecimento de soluções de pagamento para garantir a troca de informações financeiras de maneira ágil e segura.

Essas empresas, que podem ser adquirentes, subadquirentes, fornecedoras de gateway de pagamento, bancos e demais instituições financeiras integrantes do Sistema de Pagamento Brasileiro – SPB, conecta lojistas e consumidores facilitando os processos financeiros entre ambas as partes.

Enquanto toda a tecnologia envolvida nos diferentes meios de pagamento representa facilidades e vantagens para o consumidor, pode dificultar a gestão financeira da empresa. Imagina, por exemplo, administrar os recebimentos de 10 clientes diferentes, considerando que tenham feito pagamentos no débito, no crédito à vista, no crédito parcelado, no dinheiro e no PIX.

Para facilitar a conferência de valores, bem como a identificação das contas a receber e das já recebidas, o ideal é integrar o sistema de pagamentos a um software ERP. O sistema corporativo permite monitorar as vendas em tempo real e ainda oferece outras vantagens importantes, a saber:

Controlar taxas, juros e outros descontos

Um sistema ERP possibilita que o lojista controle as taxas de juros e tarifas administrativas dos meios de pagamento oferecidos no estabelecimento. Mas não apenas isso. É possível também monitorar outros tipos de descontos, como chargebacks e antecipações de recebíveis.

Encontrar divergências nos meios de pagamento

O software de gestão ERP também facilita que os gestores encontrem divergências entre as informações financeiras registradas e as recebidas de fato. Essas diferenças podem ser decorrentes de pagamentos realizados fora da data, com diferença de valores ou não realizados, por exemplo.

O fato é que se não forem identificadas logo essas divergências podem causar sérios prejuízos financeiros à empresa. Com a integração entre os sistemas, entretanto, o lojista pode acompanhar toda a trajetória do dinheiro – da venda até o crédito em conta.

Fazer conciliação de vendas eficiente

Mas o que é conciliação? Na prática, a conciliação é o confronto dos dados registrados com os processos realizados pela empresa. Através dessa funcionalidade, que geralmente integra o sistema ERP, é possível saber se todos os dados de vendas, de contas a receber e a pagar foram registrados corretamente. Caso não tenham sido, é possível fazer ajustes sempre que necessário.

Automatizar processos e evitar erros

Vale dizer também que a integração entre meios de pagamento e um sistema de gestão automatiza processos e elimina trabalhos manuais. Nesse caso, a coleta de dados das vendas é feita automaticamente, o que evita erros de registro, interpretação errada dos dados e falhas na hora de controlar as finanças.

Otimizar o tempo de trabalho

Também por automatizar processos financeiros, o sistema ERP reduz o tempo de trabalho do lojista e de seus colaboradores. A integração simplifica tarefas, tornando-as mais ágeis. Com mais tempo de sobra, tanto o lojista como sua equipe de trabalho podem se dedicar a atividades mais importantes para a empresa, como o relacionamento com o cliente.

Mais economia para as empresas

Por fim, mas não menos importante, cabe ainda destacar que um sistema ERP pode ajudar a reduzir custos. A integração com soluções de meios de pagamento possibilita que o lojista confira se as vendas estão sendo recebidas com os descontos e taxas contratados. Com isso, é possível descobrir se a empresa está perdendo dinheiro e buscar alternativas para recuperar os valores pagos indevidamente.

Agora que você já conhece as vantagens de automatizar os processos financeiros da sua empresa, é hora de garantir mais economia, controle sobre as vendas e competitividade no mercado. A Equipe EcommIT é especialista nos principais ERPs para processamentos de cartões, como Vision Plus, PAYware, CMM entre muitos outros, adaptando-os às diferentes necessidades dos clientes. Entre em contato conosco e melhore o desempenho financeiro da sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *